openSUSE 12.3: Grata surpresa.

Posted on

official-logo-color

Mês passado, dia 9/05/11, a Canonical encerrou o suporte ao Ubuntu 11.10, tentei fazer o upgrade-release para a versão 12.04 e não fui bem sucedido. Fiz uma instalação limpa do 13.04 e alguns bugs me pegaram. Apesar de gostar muito do Ubuntu, estou um pouco cansado, e o Unity está numa derivada muito lenta. Resolvi testar o openSUSE 12.3, como já havia mencionado no twitter.

Já havia testado openSUSE há alguns anos e gostei muito na época. E dessa vez não foi diferente. Essa distro se mostrou muito bem polida e rápida. Há anos não testava também o KDE, que nessa versão 4 está muito bonito e utilizável. Depois de algum tempo trabalhando com o Unity, tinha até esquecido como um desktop pode ser configurável. Wow! Zilhões de opções de customização.

Mas nem tudo são flores. O openSUSE se mostrou um ótimo sistema para quem já tem um certo conhecimento do Linux e quer abreviar algumas configurações. Entretanto, diversos tweaks fizeram-se necessários para que o sistema ficasse devidamente utilizável nos meus padrões e me ajudasse a cumprir minhas tarefas diárias.

Como o meu intuito nesse post não é descrever todos os tweaks que fiz de maneira detalhada, vou listar todos os links que me informaram em como fazer o que eu queria/necessitava e alguns macetes para quem vem do Debian e seus derivados. Vou atualizar essa lista a medida em que for encontrando novas informações interessantes.

-> Tweaks/Macetes/Documentações:

openSUSE 10.3 survival guide or what a Debian hacker should know when using openSUSE

Unofficial Guide to openSUSE 12.3

SUN Java no OpenSUSE

build-essentials do debian/ubuntu e o pattern do openSUSE

Outra tabela de conversão de comandos entre os gerenciadores de pacotes (praticamente todos)

Instalar versões mais novas do kernel

Chapter 12. Installing Multiple Kernel Versions

Resolver o problema de acentuação (ç) no kde para teclados americanos. Basicamente configurar para utilizar mapa US International WITH Dead keys e fazer altgr + , para ç

Para usuários com teclado com mapa US Internacional e querem os acentos também no console, executem como root:

# cd /usr/share/kbd/keymaps/i386/qwerty/
# gzip –decompress br-latin1-us.map.gz
# loadkeys br-latin1-us.map
# echo “loadkeys /usr/share/kbd/keymaps/i386/qwerty/br-latin1-us.map” >> /etc/init.d/boot.local

Instalar o skype no openSUSE 12.3

Instalação do Bumbleblee (Suporte não oficial ao optimus da NVIDIA) – Testado e aprovado! -> Com a placa de vídeo NVIDIA desabilitada, o notebook passou a operar uns 10 graus celsius mais frio.

Desabilitar a opção de mostrar todas as janelas quando o mouse estiver no canto superior esquerdo no KDE.

ActiveDoc is a collection of books, articles, howtos, and FAQs around SUSE products. – Excelente fonte de documentação do openSUSE!

One thought on “openSUSE 12.3: Grata surpresa.

Leave a Reply